terça-feira, 16 de abril de 2013

Você conhece a Unisc?


Foto: divulgação

Eu estudo na Unisc desde março de 2010. Antes já havia passado quatro anos e meio na Escola Educar-se. Era de se esperar que eu conhecesse bem o campus da Unisc de Santa Cruz. Pelo menos era o que eu pensava. Ao fazer as entrevistas para uma pauta do Unicom, percebi que ainda não conheço vários lugares da Universidade. Tive que pedir indicações de como chegar nos lugares e, com o decorrer das entrevistas, passei a entender cada ambiente de outra forma. Fui pela primeira vez no bloco 34 e comecei a perceber a relação que vários alunos têm com lugares como a biblioteca, o Centro de Convivência (mais conhecido como CC) e até com os bancos dispostos por toda a área.

Conversar com as pessoas e descobrir as suas histórias me fez visualizar as coisas de outra forma, com o ponto de vista delas. Cada um tem a sua história e ter a oportunidade de encontrar pessoas dispostas a compartilhá-las comigo e com toda a galera do Unicom está sendo incrível. Já me emocionei com os colegas de universidade e me propus o desafio de parar e olhar as coisas com outra perspectiva. Quantos lugares você conhece e nunca parou para olhá-los de verdade? Pensar nas histórias que eles têm? Assim está sendo para mim e a matéria ainda está em andamento. Se você conhece algum estudante da Unisc que tenha vindo de outro cantinho do Brasil, entre em contato pelo e-mail laurags_19@msn.com. A equipe está esperando para poder contar a sua história também. A propósito, qual é o lugar da Unisc que você mais gosta?

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Brasil e os estrangeiros

Você já imaginou como é vir diramente da Polônia para o Brasil dar aulas de inglês? Tem uma polonesa vivendo na cidade de Santa Cruz do Sul que sabe bem como é. E o norte-americano que resolveu se aventurar em terras brasileiras e, em menos de um mês, já ganhou uma cuia e é adepto do nosso chimarrão? Ele descobriu uma imagem do Brasil que os americanos desconhecem e conta o que mais o assustou durante sua estadia em nossa terra.
E que tal saber mais sobre um professor vindo da Alemanha? Ele conta as dificuldades que tem passado com a língua portuguesa e, ao mesmo tempo, fala sobre a família que construiu no nosso país.
Diferentes países, diferentes visões. Como o resto do mundo enxerga nosso Brasil? Descubra na próxima edição do Unicom!

terça-feira, 2 de abril de 2013

A edição do unicom 2013/1 começa à criar cores, formas e também  já possuí alguns personagens. Viajar por lugares sem sair de casa, compreender contextos e hábitos em apenas algumas folhas de papel. Não, não é mágica, é apenas a nossa proposta, apreender, descobrir e compartilhar. Embarquem com a gente nessa viagem e entenda o porque somos este povo de mutli facetas.