quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Mais um pouco de 'coisas de mulher'

O Unicom - Coisas de Mulher está quase lá. Depois de muita revisão (se existe um padroeiro do estudante de jornalismo, por favor, olhai por nós), o Unicom está na gráfica e deve ser lançado na noite do dia 4 de outubro.

Então, para aproveitar os últimos dias em que estamos respirando "coisas de mulher", reproduzo aqui uma pesquisa divulgada na Revista Super Interessante, que dismistifica ideais sobre a relação homens e mulheres.

1- Mulheres falam mais que os homens? NÃO!
Pois é, esqueça aquela história de que as mulheres são metralhadoras de palavras. Um estudo feito pela Universidade do Texas mostrou que a cota de palavras diárias dos dois sexos é basicamente a mesmo. Ok, as mulheres apresentaram um número ligeiramente maior: 16.215 palavras em 17 horas contra 15.669 palavras deles, o que, estatisticamente, não significa nada.

2- O homem trai mais que a mulher? SIM!
Pelo menos entre os brasileiros, os homens traem muito mais que as mulheres. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP) em 2003, metade dos homens já havia pulado a cerca pelo menos uma vez durante o casamento. Já entre as mulheres, o índice médio de infidelidade ficou em torno de 22%.

3- As mulheres são melhores com a linguagem? SIM!
Uma pesquisa realizada com crianças de 9 a 15 anos revelou que a resposta está na forma como as palavras são processadas no cérebro. Ao realizar tarefas linguísticas, as meninas apresentaram atividade maior em áreas cerebrais envolvidas especificamente no processamento da linguagem, que decifra a informação de forma abstrata. Os meninos, por outro lado, ativaram regiões ligadas à função visual e auditiva, dependendo da forma como as palavras eram apresentadas durante o exercício.

Olimpíadas das unhas em Londres

Embora já tenha finalizado minha matéria para o Unicom,..que aliás já está quase saindo do forno, não perdi o hábito de “fuçar”em novidades que se relacionam com esmaltes ou unhas femininas. E vejam só que nos dias 19 e 20/09, aconteceu em Londres o evento Nailympics – ou a “Olimpíada das Unhas“.

Trata-se de um encontro anual, que já está em sua sexta edição, patrocinado por diversas empresas relacionadas ao mercado de manicure da Inglatera.

O evento acontece há 12 anos, mas a edição de 2010 trouxe mais participantes e visitantes do que nunca... Além da venda de produtos especializados, a feira apresenta ainda uma competição que elege os melhores trabalhos e profissionais de manicure do mundo.


Verdadeiros times de manicures e artistas de 24 países participaram este ano e também competiram com atividades de embelezamento de unhas que estão para a manicure assim como desfiles de alta costura estão para a moda.

Desfilaram desde modelos usando unhas como crítica ao uso de arma, passando por personagens bucólicas, até verdadeiras alegorias piscantes e ligadas na eletricidade. O evento atraiu inúmeros curiosos e interessados no maior encontro dedicado às unhas do mundo.


Confira nas imagens abaixo um pouco do que foi apresentado na Olimpíada das Unhas.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Unicom já está na gráfica

Durante o fim de semana, Rochele, Ana Flávia e eu, fizemos revisamos individualmente cada página do jornal. Enquanto isso, a Larissa, diagramadora, fazia os retoques finais. Na terça-feira nos encontramos pela manhã e à noite. De manhã, propomos à Larissa algumas alterações e à noite revisamos mais uma vez o jornal, mas desta vez, impresso em A3. Depois de tudo, o Unicom - Coisas de Mulher foi encaminhado à gráfica hoje pela manhã.

Mas aí dá aquele friozinho na barriga. Será que não deixamos passar algum erro? Isso sempre acontece, porém a responsabilidade aumenta quando a gente faz a revisão final. Entretanto, de uma coisa eu tenho certeza: fizemos o possível. Uma das marcas desta edição do jornal é primar para que os erros sejam mínimos. Por isso, investimos na revisão, tanto dentro da turma como com a ajuda de alunas da disciplina de Leitura e Produção de Textos.

Agora é esperar o dia 4 de outubro, em que o nosso filho vai nascer e estar em nossas mãos.

E não esqueça!
O lançamento do Unicom ocorre na abertura da XV Seacom, dia 4/10, às 19h no Anfiteatro do Direito, bloco 18.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Um pouco de drama

Deu trabalho. Não posso mentir aqui, na rede mundial de computadores. Foram muitos os e-mails, as sugestões, as trocas, e, graças à compreensão dos colegas, todos nos salvamos, sem arranhões ou grandes traumas. Pelo menos até agora.

Fazer uma edição com uma temática sobre as mulheres foi algo desafiador. Parece impossível tantos conceitos e conflitos estarem compreendidos (ou não) em oito caracteres... que dizer, letras. (Tenho que confessar, fiquei com sequelas: não consigo ler uma frase sem contar mentalmente os caracteres, depois de tanta revisão.)

Como se pensar a pauta não fosse desafiador o suficiente, os repórteres tiveram que ter jogo de cintura para pensar as fotos, ilustrações e outros elementos da matéria. Mas o que fazer quando o jornal está quase pronto, as matérias entregues e aquela foto espontânea, que traduz perfeitamente o "espírito" da reportagem, tirada com todo o esmero e cuidado, não pode ser usada porque está desfocada?

Por alguns instantes, é permitido entrar em pânico: chorar, falar palavrão, colocar a culpa no chefe. Depois, a solução é partir para uma nova produção, ou escolher aquela que ficou bonitinha, mas não é a reprodução fotográfica perfeita.

Mas que graça teria fazer um Unicom sem emoção? O principal é que teremos, no próximo dia quatro, uma grande edição nas mãos!

Produzir o Unicom também tem seus momentos de tensão.

domingo, 26 de setembro de 2010

Reta Final

Estamos na reta final para a conclusão de mais um Unicom. No meu parecer a produção desta edição vai ser muito diferente e divertida. A turma dedicou-se bastante para que fizéssemos um trabalho de qualidade para nossos leitores. São histórias e relatos de mulheres que através do seu dia a dia constroem aquilo que intitulamos como “coisas de mulher”.

A minha reportagem em particular mostrou que as mulheres são felizes a sua maneira, cada uma com suas particularidades, peculiaridades, e porque não, com suas manias. O sexo feminino é capaz de sorrir e se divertir com suas próprias proezas, claro que tem momentos de solidão, de tristeza, mas nada que não possa ser resolvido com uma boa compra, com aquilo que as deixa feliz. Coisas de Mulher!

Com uma pitada de bom humor e muita qualidade eis que surge o Unicom, Coisas de Mulher. Não perca o lançamento, na abertura da XV SEACOM, dia 04 de outubro, às 19h no auditório do direito.

By Patricia Barreto

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Uma quinta com risos e sorrisos

Uma quinta-feira diferente. No início da aula, a foto do expediente. Altas produções, poses, risos e sorrisos. "Muito massa"(diria meu filho). Depois a noite se estendeu até a pizzaria, que por sinal foi uma ótima escolha. A pizza estava uma delícia.

Entre um assunto e outro, prevaleceu o Curso de Comunicação. E em certo momento nos damos conta da estrutura que a nossa Universidade oferece aos seus alunos. Enfim, como diz a Emilin, tivemos bons momentos.

Estou ansiosa para ver o jornal pronto nas mãos dos leitores. Este será o resultado de uma equipe, de um grupo que "pega junto". Estou feliz em poder compartilhar momentos como estes com pessoas parceiras. Valeu colegas e professor!

Unicom começa a fazer história

O Unicom está começando a fazer história quando o assunto é premiação em mostras competititivas acadêmicas.

Exagero? Que falem os fatos.

Ontem, 23 de setembro, fomos informados que o Curso de Comunicação da Unisc havia sido premiado sete vezes na 23ª edição do SET Universitário da PUC, uma das mostras competitivas acadêmicas mais importantes do país e da América do Sul.

Dentre os sete prêmios, dois - categorias Projeto Gráfico-Jornal e Publicação Impressa-Jornal - foram para o Unicom "Hábitos", do semestre passado.

(Confira aqui a lista de todos os premiados, da Unisc e do SET).

Ou seja, dois prêmios para uma mesma edição.


Algo parecido já havia ocorrido em 2008, quando o Unicom levou os dois prêmios, mas em jornais diferentes.

Prêmio Categoria Projeto Gráfico-Jornal de 2008
Prêmio Publicação Impressa-Jornal em 2008
Notícias como essas nos enchem de orgulho, com certeza, à medida que reconhecem o esforço de nossos acadêmicos no sentido de produzir um jornalismo de qualidade desde a instância formação.

Acesse as edições anteriores do Unicom em PDF por aqui.

Parabéns a todos.

E que venham mais prêmios.

Quinta-feira de bons momentos

Ontem fizemos as fotos do expediente. Foi um grande momento, principalmente para os meninos. Não posso adiantar muita coisa, mas os leitores podem esperar muitas surpresas. Acima de tudo, a ocasião proporcionou maior integração da turma, além de muitas risadas.

A partir de agora, o trabalho está nas mãos do pessoal que vai fazer a última revisão do Unicom, já diagramado, durante o fim de semana e da Larissa que vai fazer os últimos retoques. O jornal será encaminhado para a gráfica na terça-feira, dia 28. Já o lançamento ocorre na abertura da Seacom, dia 4 de outubro.

Em breve, você terá em mãos mais uma edição do Unicom. Aguarde!

Pizza


Mas não foi só a sessão de fotos que integrou a turma. Após, fomos comer pizza. Apesar de tentarmos fugir do assunto, o jornalismo foi o que permeou as conversas. A nossa editora Ana Flávia, continuou cumprindo seu papel de líder no grupo. Inclusive, pedindo limão e gelo para todos...

As pizzas estavam maravilhosas. Tanto as salgadas quanto a doce. E por falar em doce, só as mulheres aderiram a esse tipo de pizza. É que a gente não vive sem chocolate. Coisas de mulher.

Foi, sem dúvida, mais um grande momento para a turma.



quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Radioweb Unicom - Ed.III

Essa edição do nosso radioweb é um tanto engraçada. Os colegas comentam as roupas que vão usar na foto do expediente e na festa de confraternização da turma, logo mais à noite. Ouve aí:

É hoje!

Hoje à noite temos uma tarefa hérculea (bem, ao menos para a mulherada da turma). Isso porque vamos fazer a foto do expediente. Mas não é uma simples imagem. Não. É algo muito pior. Conforme combinamos, precisamos ir vestidas como se fôssemos para uma festa.

Oi? Megaprodução para ir à faculdade? E depois de um expediente de trabalho? Quase impraticável. A utopia aqui é ter ao menos duas horas de folga, tomar banho, fazer uma escova, uma maquiagem nova e calcular uma produção que seja sutil e marcante ao mesmo tempo.

Meninos, acreditem: essa não é uma tarefa fácil.

O que me consola, no entanto, é que os meninos também passarão trabalho. (Pausa para uma risada malévola).

Aguardem o Unicom! Logo, logo ele estará nas suas mãos!

Radioweb Unicom - Ed.II

A segunda edição do Radioweb Unicom foi produzida pelo colega Júlio Assmann com fonte da sua reportagem do Unicom, Kelly Dávina, piloto da fórmula Truck

Diga-me que idade tens e te direi o que levas na bolsa

Estive navegando por sites e blogs e encontrei um resumo do que a mulher carrega em sua bolsa, ao passar dos anos!

O que mais te incomoda nos homens?


Postei no blog uma enquete perguntando a nós, mulheres, os hábitos dos homens que mais nos aborrecem, pois falar mal deles também é coisa de mulher... capaz, brincadeira.

Com o resultado da enquete, se confirmou a minha tese: não há nada mais irritante que você conversar com um homem enquanto ele assiste televisão. Eles não conseguem fazer duas coisas ao mesmo tempo. 64% das mulheres atestaram que esse é o hábito que mais nos aborrece.

Em relação a esse assunto, compartilho o que aconteceu comigo.

Almoço todos os dias da semana com meu namorado. Sempre assistimos televisão nesse período. O Felipe, assim como a maioria dos homens, parece se desligar do mundo quando a TV está ligada. Isso vinha me irritando. Eu falava, falava e ele não prestava atenção em nada.

Teve um dia que o fato passou dos limites. Contei a ele algo que tinha ocorrido no meu trabalho. Como de costume, seus olhos estavam vidrados na telinha. Então eu disse: "Tu não ouviste o que eu disse, não é?" E ele respondeu: "Te amo?"

Eu caí na risada. Tinha falado várias frases. Ele realmente não ouviu nada do que eu disse. Foi realmente muito engraçado. Depois disso, eu procuro sempre conversar com o Felipe longe da televisão, ou falar só quando tenho certeza que ele vai me ouvir.

Não adianta. Temos que nos acostumar. Os homens não conseguem fazer duas coisas aos mesmo tempo.

domingo, 19 de setembro de 2010

Aprendizado fora da Universidade


Decida a pauta, o primeiro pensamento: como vou realizar esta reportagem. Se meu chefe estaria presente em meu pensamento, diria: “TVG pra ti guria!” Ou seja, te vira guria. De volta para casa, no ônibus, lotado como sempre, aquele vuco vuco! E sempre as mesmas pessoas conversando alto, nossa! É difícil de se concentrar nessa barulheira, pensei. Mas continuei em meus pensamentos: Quem vou entrevistar? Será que vão aceitar? E as fotos?

Chegando em casa, já fui me programando para o final de semana: no primeiro contato com um grupo de amigas. Pois bem, a semana passa e o dia tão esperado chega: entrevista com as fontes. Num primeiro contato, as fontes acharam tudo lindo: entrevista, fotos, babados para contar, fatos bizarros, enfim, tudo era motivo para dar risada e contribuir na realização da reportagem. No segundo contato, vamos fotografar. Mas quem disse que queriam. Mudança de planos. Insisti no assunto: Vamos fotografar! Mas, não obtive sucesso.

Mas, ao longo das entrevistas, percebi algo mais que especial mo grupo de amigas: A união existente, o sentimento de afeto, a humildade! Nem mesmo o estresse do dia-a-dia faz com que acabe com a amizade que existe nesse grupo de meninas. Desentendimentos ou até mesmo brigas existem, mas é algo passageiro.

Claro que, para uma amizade saudável é necessário muito cuidado. Assim como uma planta requer água, a amizade também requer seu adubo. E assim como estes, o Unicom também necessita do seu adubo: força de vontade, interesse, trabalho em equipe. O que acontece no Unicom, ou estou errada?

Em breve teremos o resultado deste cuidado com o Unicom, e com certeza será significante.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Sermos bons no que fizermos

Ser um comunicador parece fácil. Mas ser um bom comunicador exige esforço e acima de tudo requer algo que muitas vezes não colocamos em prática: fazer com emoção.

Pois é, o que quero dizer com essas frases, que parecem tolas, mas hoje percebi mais uma vez a diferença de quando as pessoas fazem com emoção o que fazem. Enfim, quero compartilhar o que senti e ví hoje a noite ao assistir os clássicos de Kleiton e Kledir no Teatro do Colégio Mauá, numa promoção do Art Sesc música.

O público aplaudia, se emocionava, queria bis, tris...pensei muito na belíssima frase que o Professor Demétrio tem falado nas aulas: "Precisamos ser bons no que fizemos".

Valeu professor pela dica, porque assim como outras ocasiões esta foi mais uma em que senti no coração um trabalho de duas pessoas, dois músicos que cantam e tocam com a alma, com o coração, com emoção, enfim fazem bem feito o que fazem.

Que sejamos nós, futuros jornalistas, seguidores da emoção no que informamos e ou comunicamos aos nossos públicos.

Mulher gaúcha


Em tempos de comemorações farroupilhas, é pertinente falar de Coisas de Mulher (Gaúcha) que aqui em nosso estado recebe um nome diferenciado. São chamadas de prenda. Essa é a época ideal para a mulher se transformar em prenda. Aí vão as recomendações para a pilcha feminina, segundo o MTG (Movimento Tradicionalista Gaúcho)

- O vestido deve ser com a barra da saia à altura do peito do pé.
- A quantidade de passa-fitas, apliques, babados e rendas, é de livre criação.
- O vestido deve ser de tecido estampado ou liso, sendo facultado o uso de tecido sintético com estamparia miúda ou petit-pois.
- Vedado o decote e vestidos transparentes.
- Saia de armar, quantidade livre e lógica.
- Obrigatório o uso de bombachinhas rendadas ou não, cujo comprimento deverá atingir a altura do joelho.
- Mangas até o cotovelo, ¾ ou até os pulsos.
- Meias longas, brancas ou coloridas, não transparentes.
- Sapato de salto S ou meio salto que abotoa do lado de fora por uma tira que passa sobre o peito do pé, ou botinha (para estancieira).
- Facultado o uso de brincos de argola inteira, de metal, ou outros discretos, vedado os de fantasia ou plásticos.
- Permitido o uso de pulseiras de metal. Não são aceitas pulseiras de plástico.
- Vedado o uso de colares. Permitido correntinha com medalha ou pingente discreto.
- Permitido o uso de um anel de metal em cada mão.
- É permitido o uso discreto de maquiagem.
- Vedado o uso de relógio de pulso grande e indiscreto.
- Livre criação, quando as cores, padrões e silhuetas, dentro dos parâmetros acima numerados.

Para participar dos fandangos (bailes)
as prendas devem estar pilchadas. As regras para a idumentária não são tão rígidas quanto as normas do MTG. Mas o vestido é indispensável. Então, se você vai bailar nesta semana farroupilha, fique atenta.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

As 5 bolsas mais caras do mundo

Pequenas, grandes, coloridas ou discretas, não importa o modelo ou o estilo, as bolsas são fundamentais na vida atual, seja para levar os objetos necessários ou simplesmente para valorizar um look. O acessório mundialmente conhecido movimenta um mercado que está em constante crescimento, ganhando a cada ano mais peças sofisticadas e de luxo.

A evolução dessa peça nos apresenta novas confecções que atualmente são classificadas como as mais caras do mundo. O que antes era customizado com tecidos simples, hoje se encontram
envoltas de pedras preciosas e materiais caríssimos e são esses "acessórios a preço de joia"que serão apresentados abaixo:

A famosa marca Chanel mais uma vez se supera. Lança, em dezembro, a bolsa batizada de Diamond Forever que é envolvida com 334 diamantes. Apenas 13 bolsas serão colocadas à venda custando US$261.000

2º lugar: Birkin Bag batizada Matte Crocodile Birkin. É de couro de crocodilo e suas fivelas totalizam 30 centímetros ocupados por diamantes brancos de 10 quilates. A peça custa em torno de US$120.000
3º lugar: Como a cada ano, a bolsa carteira Lana Marks lança um novo modelo que é sempre batizado de "Cleópatra". A edição limitada desse ano é feita em couro de crocodilo prata e um fecho com 1,5mil diamantes negros e brancos encrustados em ouro branco 18 quilates. Custa US$ 100.000

4º lugar: Feita no formato de uma flor perfeita, em quarto lugar ficou a Leiber Precious Rose, de Judith Lieber, feita de 1 mil diamantes, totalizando 42,56 quilates, mais 1.169 safiras rosas e 800 turmalinas. Seu preço é US$92.000

5º lugar: Feita de 15 bolsas Louis Vuitton diferentes, a LV Tribute Patchwork Bag ainda tem 20 modelos disponíveis em algumas butiques da grife, na Europa e na Ásia por US$42.000

domingo, 12 de setembro de 2010

Sempre na moda


Mulheres são atualizadas. Antenadas em tudo, nós não olhamos somente para o nosso objetivo imediato, mas vemos o que está em volta. Isso nos oferece uma melhor visualização do contexto.

Vendo algunas exemplos, somos atualizadas porque sempre procuramos estar na moda, conhecer as novas técnicas da nossa profissão, etc.

Hoje fui à farmácia comprar um remédio e, até nessa hora, prestei atenção em outras coisas que sempre interessam a mim e a todas as mulheres, esmalte para unhas. Resultado: saí da farmácia com um brilho colorido novo para as unhas, lançamento. Assim fiquei mais atualizada.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Mulheres são de vênus

Estava lendo o livro 'Homens são de marte, mulheres são de vênus', de John Gray, para um ensaio solicitado em uma disciplina. Pois deparei-me com conteúdos interessantíssimos para o nosso Unicom - Coisas de Mulher.


Gray explica que para expressar totalmente seus sentimentos, as mulheres assumem licença poética para usar vários superlativos, metáforas e generalizações. Os homens erroneamente tomam essas expressões literalmente. Como não entendem o significado pretendido, eles geralmente reagem de maneira incompreensiva.

Abaixo, segue a tradução do português para o marciano (língua dos homens):

“Nós nunca saímos” = “Eu estou com vontade de sair e fazer algo junto com você. Nós sempre nos divertimos tanto e eu adoro estar com você. O que você acha? Você me leva para jantar? Já se passaram alguns dias desde que saímos.”

“Todo mundo me ignora” = “Hoje estou me sentindo ignorada e não reconhecida. Eu sinto como se ninguém me visse. É claro que tenho certeza de que algumas pessoas me vêem, mas elas parecem que não se importam comigo. Eu acho que também estou desapontada por você ter estado tão ocupado ultimamente. Eu realmente aprecio o quanto você tem trabalhado duro e às vezes começo a me sentir como se não fosse importante para você. Eu tenho medo do seu trabalho ser mais importante do que eu. Você me dá um abraço e me diz o quanto eu sou especial para você?.”

“Eu quero esquecer tudo” = “Eu quero que você saiba que eu adoro meu trabalho e minha vida, mas hoje estou tão indefesa! Eu adoraria fazer algo realmente acalentador para mim mesma antes de ter que ser responsável de novo. Me pergunta `Qual o problema?' e ouve com empatia sem oferecer soluções? Eu só quero sentir que você entende as pressões que eu sinto. Isso me faria sentir melhor. Me ajuda a relaxar. Amanhã eu volto a ser responsável e a lidar com as coisas.”

“Você não me ama mais” = “Hoje estou me sentindo como se você não me amasse. Tenho medo de tê-lo afastado. Eu sei que você realmente me ama, você faz muito por mim. Hoje eu estou me sentindo um pouco insegura. Me assegura do seu amor e me diz essas três palavras mágicas, eu te amo? Quando você faz isso é tão bom!.”

A partir deste breve 'dicionário', fica a dica para os homens. Viram como as mulheres são realmente adoráveis?

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

"Escrever é a arte de cortar palavras"

Não foi dífi escrever o texto do Unicom. O mais complicado foi diminuir os mais de 6 mil caracteres que eu havia escrito para 3 mil e 500. Parecia impossível reduzir tanto. Foram horas entrevistando. Horas transcrevendo. Horas escrevendo. Para depois, simplesmente cortar tudo? Quanta injustiça.

Foram vários e-mails trocado com a editora Ana Flávia. "Emilin, não posso aceitar o teu texto deste tamanho", ela me dizia. E eu ia cortando frases e frases, substituindo palavras por outras mais curtas. Já dizia Carlos Drummond de Andrade: "Escrever é a arte de cortar palavras". Então tentei seguir a dica do mestre da literatura e assim o fiz.

Porém, não consegui diminuir para os tais 3 mil e 500 caracteres. O texto ficou com pouco mais de 4 mil. Repassei para a editora. Ainda não recebi nada dizendo para cortar mais. Pode ser que dê para encaixar assim. Tomara. Realmente não sei mais o que posso cortar.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Ainda sobre o banheiro feminino

Na busca de uma fonte para escrever minha matéria, pensei em alguém que cuida ou limpa banheiros femininos em dias de festas. Encontrar uma pessoa com este perfil não foi nada fácil.

Mas, nada impossível, pois encontrei Dona Maria, uma senhora com um brilho nos olhos e que me recebeu "desconfiada", como ela diz. Tivemos três encontros, afinal, não queria atrapalhar o trabalho dela. Fomos falando em etapas.

O terceiro encontro foi marcante. Dona Maria disse o seguinte: "Se é para tu fazer um bom trabalho, podes fotografar bastante". Percebi que ela queria contribuir para uma boa matéria. E no final, quando estava de saída, ela ainda acrescentou: "Ah, esqueci de te falar ainda que as mulheres de meia idade estão se separando muito e elas vem para os banheiros, parecem menininhas, chega a ser ridículo, os comentários que fazem...".

Enfim, o Unicom me proporcionou conhecer uma senhora maravilhosa e com certeza deu a oportunidade para que a Dona Maria deixasse de ser uma trabalhadora invisível.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Teleweb Unicom Ed. III

Na terceira edição do Teleweb Unicom você vai conferir as imagens feitas pelos repórteres nas entrevistas com as fontes. Assista aí.

Adoração por esmaltes

Você já pensou em ter a sua disposição mais de 250 cores diferentes de esmaltes? Pois é,...não é a toa que a manicure Andreia Carvalho enlouquece as suas clientes com as mais inusitadas novidades do mundo “maravilhoso” dos esmaltes.


Déia é uma das entrevistadas na matéria sobre esmaltes que você vai ler na íntegra no Unicom Coisas de Mulher que, aliás, está ficando muito legal!

Mas não é só a Déia que é apaixonada por esmaltes, este acessório não sai da cabeça das mulheres e já virou indispensável ao completar o look feminino.

Não sabe o que dar de presente para sua namorada, esposa, ficante,...um esmalte com a cor preferida dela é uma ótima pedida!

sábado, 4 de setembro de 2010

É hora de montar e revisar

Já perdi a conta de quantos e-mails enviei nesta semana. Como estamos no processo de edição, diagramação e revisão de textos, essa ferramenta 'abençoada' da internet possibilita que toda a turma mantenha contato, mesmo cada um morando em uma cidade diferente.

Mensagens como 'vamos cortar este texto, o número de caracteres está estourado', 'oi, você pode me enviar suas legendas?' ou 'confere comigo se o espelho está ok' são algumas das enviadas com frequência.

Apesar de trabalhosa, essa é, na minha opinião, a melhor fase da produção de um jornal. É quando você vê o produto ganhar forma, apara as pontinhas soltas, cria soluções para os problemas, ajusta, ajusta e ajusta até que tudo esteja de acordo.

Agora, nossa diagramadora Larissa está montando o Unicom. Ao mesmo tempo, as revisoras Fabi, Ana Gabriela e Letícia estão revisando os textos. Logo, logo, já poderemos visualizar este nosso 'filho querido'.

Aguardem!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Unicom em fase de diagramação e revisão

Ontem a aula foi muito legal. O professor Demétrio leu todas as matérias ao lado da editora Ana Flávia Hantt. Pelas reações dele, os textos ficaram muito bons. O professor deu boas risadas ao ler as matérias. E esse é um dos objetivos do jornal. Ser divertido. Estamos no caminho certo. Ontem também gravamos mais uma edição do Teleweb Unicom. Em breve eles estará no ar aqui no blog. E além disso, decidimos a ordem das matérias. Ou, seja, a aula rendeu.

A partir de agora o trabalho está nas mãos da diagramadora Larissa Almeida que tem muito trabalho para o fim de semana e feriado. Os textos estão com as revisoras que vão fazer uma revisão criteriosa para que não ocorram erros de português.

Então, continua ligado no blog para saber as novidades que vêm por aí. Ah, em breve o Unicom impresso estará em suas mãos e a próxima edição tem tudo para arrasar...

Aguarde.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Homens no universo das mulheres

O Unicom está indo muito bem, obrigado. Mas a temática do semestre foi um problema para os três solitários integrantes do sexo masculino. Na hora de produzir a matéria para a próxima edição, foi possível perceber que as mulheres não são complicadas. Falar sobre elas é.

Entrar no universo, na mente feminina, é uma tarefa difícil. Não há manual de instruções para resolver o problema, muito menos livro de autoajuda que torne as coisas mais fáceis.

Você senta na frente do computador e o texto não flui. Parece haver um bloqueio de palavras. E quando elas finalmente chegam, você pensa: será que isso faz sentido?

A pergunta é tola. Como diria a nossa querida subeditora Rochele, "as mulheres não são complicadas, apenas estão sempre certas." Ou seja, nada faz sentido para um homem dentro do universo feminino. São como dois mundos diferentes.

Apesar das dificuldades, a matéria saiu. O resultado você confere na próxima edição do Unicom. Apenas não maltratem esse pobre repórter, o texto é fiel às minhas impressões sobre uma das coisas de mulheres que mais incomodam os homens. Qual é ela? Sinto muito, apenas quando o Unicom estiver pronto para saber...

Top List do Unicom

Estive pensando sobre músicas que combinam com o tema do primeiro Unicom deste semestre. Por isso, fiz uma análise sobre músicas que falam sobre MULHERES, é claro. Confira abaixo uma espécie de "as dez mais"que falam sobre esse ser tão misterioso, mas que os homens não sobrevivem sem.

1 - Marina Elali - Mulheres Gostam
2 - RPM - Rainha
3 - Martinho da Vila - Mulheres
4 - Roy Orbison - Pretty woman
5 - Raimundos - Mulher de Fases
6 - Eric Clapton - Wonderful Tonight
7 - Leandro & Leonardo - Essas Mulheres
8 - Roupa Nova - Linda Demais
9 - Shania Twain - Man! I Feel Like Woman
10 - E claro que não poderia faltar o Rei Roberto Carlos com suas canções (maioria) direcionadas às mulheres: A Namorada


Produção

Durante a entrevista, uma de minhas fontes havia esquecido de se maquiar. Ninguém faz idéia do que passei. Um caos total: a menina é louca! Foi o que pensei na hora. Os minutos se tornaram horas. Bianca revirou toda bolsa a fim de encontrar um lápis de olho, ou apenas um batom. Mas nada, nada mesmo. Ela havia esquecido todas a maquiagens em outra bolsa. A sorte que Lúcia tinha batom, pó e lápis em sua bolsa. Assim, Bianca conseguiu se maquiar, graças a Lúcia.

Devo confessar que achei um pouco sinistro a reação de Bianca. Pois parecia algo catastrófico. Tudo bem que também não saio de casa sem brinco e anel. Mas eu não surto ao perceber que esqueci. Mas, vá saber, cada um cada um. São coisas de mulher!

Foi com este acontecimento que surgiu a ideia de fazer o texto abaixo.

Jamais esqueça

Sei que hoje vou sofrer,
tristeza, ausência.
Não deveria de ser assim

Momento árduo,
horas sem fim.
A conseqüência será enorme.

Sei que ao me ver
irás perceber.
É inevitável.

Espero jamais esquecer,
ao trocar de bolsa,
as maquiagens!

Aulinha das revisoras - Última edição

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Pronto..quase pronto

Rita falando das dicas para muitas mulheres

Depois de várias entrevistas, escuta e muita escrita, posso afirmar que a minha reportagem para a edição do Unicom, com a temática "Coisas de mulher", está quase pronta! Claro, falta a diagramação, a discussão entre a turma, alguns detalhes ainda para o jornal estar circulando.

As últimas semanas foram de dedicação exclusiva a reportagem. Como até o professor Demétrio mencionou nas primeiras aulas “vamos dormir, sonhar e acordar pensando no Unicom”.

E foi realmente isso que aconteceu. Durante a escrita da reportagem, varias releituras, pesquisas e muitas dúvidas se o texto estava ficando de acordo com o poder que o Unicom tem.

A minha matéria que fala sobre a personal sexy Rita Ma Rostirrola, vai dar o que falar. Afinal, mulheres, quem não gosta de uma dica?

E posso garantir que a personal Rita entende do assunto.

A reportagem completa em breve...



Aulinha das revisoras - Ed. V

O mistério do banheiro feminino

Conforme a colega Ana Flávia escreve "difícil, difícil...." concordo com você Ana. Ouvimos tanta informação junto as fontes, longas conversas, tudo parece fácil, mas quando começamos a escrever é realmente difícil. Lí o livro da Arlete Salvador e Dad Squarisi "A arte de escrever bem", parece tão fácil, mas não é. Colocar no papel o que é mais importante e interessante requer habilidade e isso penso eu, só conseguimos praticando. Por isso, confesso, que preciso escrever mais e mais, muito mais...

Vejam um dos momentos com a Dona Maria, a senhora que a 25 anos conhece os mistérios dos banheiros femininos. Muitas histórias e revelações, algumas que pede para não contar a ninguém...curiosas...enfim, coisas de mulher...