quarta-feira, 30 de novembro de 2011

O Mascote será novidade do próximo UNICOM

Muitas surpresas estão reservadas para a segunda edição do Unicom deste semestre, o mascote do jornal é uma delas. A ideia da turma foi concretizada a partir dos traços do colega, Pedro Dreyer, o Guga, que deu forma ao quero-quero que será lançado nessa edição como mascote e ficará como marca do jornal para as próximas.  No vídeo, Guga explica como criou o mascote:



De volta às colunas sociais

Ainda que não more em Candelária, a sempre rainha da Femel, Cristina Eliza Butzge, recebeu uma homenagem da família que reside no município.

Cristina completou 33 anos no dia 15 de novembro. Uma foto dela com o filho Antônio José foi publicada nas Sociais de Candelária, veiculada na quinta-feira passada no jornal Gazeta do Sul.


Durante a juventude, quando participava ativamente dos concursos de beleza e cultura, ela era figura certa nas sociais da Gazeta.

Desta vez, Cristina voltou às sociais em razão de seu aniversário. A diferença do início dos anos 90* para cá é que agora tem um filho e é protagonista de outras conquistas, principalmente profissionais.

* As fotos geralmente eram publicadas na coluna do Ike.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Modelo e atriz?!

Falta pouco para a impressão da nova edição do Jornal Unicom, enquanto isso, aproveito para mostrar um pouco mais da minha personagem. Entre os trabalhos que a modelo internacional figurou, um clipe do cantor israelense, Yasar, na musica Hayirdir insallah.

Ana Paula Schuster, antes de se tornar modelo, participava do teatro da escola, foram três anos dedicados a atividade, que lhe proporcionou postura, criatividade e desenvoltura. "O teatro ajudou a trabalhar minha timidez", revela. Graças a esse diferencial, Ana, foi escolhida como figurante principal desse clipe, confira:


video
-

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Amor e ódio

É isso que existe entre Frabrício Carpinejar e a sua namorada Cinthya Verri. Nesta edição do Unicom, eu vou contar como é a relação entre um dos maiores poetas da atualidade e a sua musa. As peculiaridades, as mentiras e a troca de afeição que existe entre a dupla estarão expostos em uma entrevista sincera com quem acorda todos os dias ao lado do Carpinejar.

Você quer? Eu também

E a galera já espera ansiosa a próxima edição do Unicom que a turma de Produção em Mídia Impressa 2011/2 está produzindo. Se eu, que faço parte da turma, estou super ansiosa para ver o trabalho pronto, imagina quem só ouve comentar as histórias da produção.

Você quer uma edição recehada de conteúdo e de belo visual? Eu também. E o Unicom multitemático tem tudo para corresponder às expectativas. Hoje à noite a turma começa a revisão das páginas diagramadas. A equipe também está programando um vídeo contando sobre a produção das duas edições do Unicom e os bastidores desse trabalho de garimpar informações e produção de texto e imagens. E, de novo, eu digo: vale a pena esperar para 'saborear' mais um Unicom! Você que já fez parte da produção sabe do que estou falando! E quem se prepara para esse desafio e muito aprendizado também! Até mais!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Garota de programa por vocação

Encontrar pelo país, pelo Estado, pela cidade meninas que vendam o próprio corpo em troca de recompensa financeira, não é lá tão difícil assim. No entanto, encontrar alguma que assuma o que faz e que goste da profissão, é bem complicado, ou era! Na segunda edição do Unicom você vai conhecer um pouco mais sobre uma jovem que além de levar a vida fazendo programas, diz amar o que faz!!Não perca!

Quem nunca quis ser jogador de futebol?


A minha reportagem da segunda edição do Unicom deste semestre está nas mãos da revisora e da editora. Ao apurar dados, histórias e cases me senti, de certa forma, com o dever cumprido, não com a disciplina (ainda), mas sim, com quem vai ler, pois é tão comum termos priminhos, afilhados, sobrinhos, irmãos, conhecidos de onde moramos, seja qual for a cidade, que sonham em ser jogadores de futebol e consequentemente ser um Neymar da vida, com fama e dinheiro. Ao entrevistar alguns avaliadores tive a confirmação da dificuldade que é dispensar um garoto de 10 anos de am time por não corresponder às expectativas. Então, é sobre isso que fala minha reportagem. Sonhos, dificuldades, escolhas que fazem de um menino um futuro jogador de futebol. Posso dizer que gostei do resultado. E sei que você também vai gostar.

A divertida tarefa do repórter


Eu não sei se já falei isso, mas o mais legal de ser repórter é ter com esta profissão a autorização para ser curioso, para perguntar, perguntar e perguntar.

Como se não bastasse este simples fato de conhecer histórias incríveis de pessoas iguais à você, depois ainda, é preciso se deleitar ao papel, usar e abusar da ecsrita e da critividade para contar aquilo que você acabou de escutar, e apostar no detalhe, na imagem, ou na fonte que você escolheu para atrair o leitor.
Não é o máximo?

Veja bem, na primeira edição deste semestre eu conheci mais sobre o Nandinho, um diplomata brasileiro que, mesmo exercendo um cargo de grande importância não deixou de lado as manias de guri. Agora, nesta edição, eu tive a oportunidade de conversar (por skype) durante horas com o ator global, que está na noela Malhação Conectados, Pedro Bernardo, ou, Pedrinho do Cavaco, como eu o conheci (na foto à direita). O guri, mesmo com toda a fama que começa a aparecer e tendo como seu padrinho nada mais e nada menos do que Milton Nascimento é gente boa pra caramba. Dispôs de horas de seu dia para responder às intermináveis perguntas da repórter aqui. Durante a entrevista rolou até música ao-vivo (ele queria mostrar a música de seu CD que foi lançado no início deste ano, "Química do Amor"). O complicado foi resumir a história de Pedro Bernardo em 4 mil carcateres.

Depois de feita a reportagem sobre o astro teen, pude ainda me divertir contando (aos futuros leitores) sobre como os cães são tratados nos Estados Unidos da América. Nas férias de julho eu vistei o estado de Nova Iorque, Connecticut e Califórnia, registrei o que vi por lá e conto tudo para vocês na próxima edição do Unicom. O tratamento dos cãezinhos, acreditem, é de dar inveja!!!

Bom, agora, aqui na aula, ou melhor, na redação do jornal, o momento é de correção.
Cada um se encarrega de corrigir um texto (que não seja o seu, é claro).
Então, ao trabalho, por enquanto é tudo que posso contar!

See ya!

Só pra dar um gostinho...


Este é só uma partezinha do que vem por aí na matéria do Unicom...
Uma caverna de Sal...????

Mãe de Miss

Daguimar Evanir Butzge, mãe de Cristina Eliza Butzge - a rainha que nunca perdeu a majestade - sempre acompanhou a filha nos concursos de beleza. É sobre essa experiência de ficar nos bastidores e torcer por Cristina que Daguimar fala nos vídeos.  





Coroas, faixas e vestidos

Como já disse em outra postagem, minha reportagem para a edição multitemática do Unicom é sobre uma rainha que nunca perdeu a majestade devido à não-realização de um evento para o qual ela foi escolhida soberana.

Cristina Eliza Butzge ganhou vários títulos, com direito a coroas e faixas. Confiram, no vídeo, o que representam essas conquistas.



segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Ouçam: falta espaço

Alguém tem medo de cemitério?
E de não ter lugar para morrer, já pensou nisso?



Os personagens da próxima edição do Unicom contam um pouco sobre a falta de espaço nos cemitérios.
Não percam a edição impressa!

Você tem onde cair morto?

Você já parou para pensar no lugar do seu último descanso?

É, isso mesmo! a pergunta é séria!

Pensar que não se tem onde cair morto, nem de longe, é engraçado! E por mais estranho que pareça, tem gente que pensa cedo nisso para não ter problema depois do último suspiro.


Ser coveiro não é para qualquer um, nem mesmo é um sonho de profissão. É coisa que poucos querem e poucos sabem fazer direito. Talvez por isso na pequena Vera Cruz seu Kappke e seu Zingler trabalhem há mais de 25 anos no serviço.

Na próxima edição do Unicom você vai conhecer um pouco da história desses dois trabalhadores e também um pouco do problema que se esconde atrás da morte. Não perca!

Quando o amor se corresponde

Iracema, aos 57 anos, carrega consigo uma bagagem cheia de lembranças de um amor eterno. Canceriana, se considera romântica e prestativa. Com um começo de relacionamento bem diferente dos atuais, deu um tiro no escuro e encontrou seu verdadeiro amor.

Em uma época em que não existiam computadores, redes sociais e e-mails, surgiu um amor a primeira carta. Isso mesmo, correspondência, dessas que se coloca selo e é entregue por carteiros. Mas a história dela, apesar de linda, não teve um final tão feliz.

Ficou curioso? Aguarde a próxima edição do jornal Unicom e confira essa e muitas outras histórias legais.

Vamos fazer um churrasco ??


A próxima edição do Unicom vais ser bem temperada e de peso, só de sal 1,5 toneladas.
Imagina quantos quilos de carne bem salgadinha daria para assar em uma super churrasqueira com todo esse sal. Pois é, mas essa montanha de sal ou melhor, caverna de sal, não faz parte de nenhum churrasquinho de final de semana. É um tratamento poderoso indicado por médicos para quem sofre de doenças respiratórias. Quer saber como tudo isso funciona?? não perca a próxima edição do Unicom...

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

UNICOM nas mídias sociais

Para tornar o Unicom mais acessível estamos expandindo nossa comunicação nas mídias sociais. Através delas você será informado das novidades relacionadas a produção de reportagens para cada edição, além disso, poderá trocar ideias e compartilhar leituras.

Acompanhe as nossas mídias e curta o jornal laboratório produzido com muita criatividade pelos alunos do Curso de Jornalísmo Unisc.


Contamos com o seu clique!

Uma Modelo Sem Escalas


Ana Paula Schuster, minha entrevistada para a reportagem do próximo UNICOM, segue sua carreira de modelo internacional há 10 anos. Ana é uma das modelos de sucesso que não são famosas, mas garantiu bons cachês e uma bagagem de muito aprendizado. Sua persistência e dedicação renderam-lhe a conquista de um passaporte cheio de carimbos.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Esquenta a água e prepara o mate

O chimarrão é a marca de todo bom gaúcho
A bebida mais conhecida do Rio Grande do Sul, representante de nossa tradição, não poderia faltar na entrevista para a construção da minha matéria para esse Unicom. O chimarrão. Afinal, conversa vai,conversa vem e a cuia acompanha.

Minha conversa com o homem de bombacha e lenço, foi marcada por boas risadas, um gostoso chimarrão e muitas histórias de amor e orgulho pelo estado. Amor que surge na infância e constrói o homem gaúcho.

Esquenta a água e prepara o mate, pois o próximo Unicom daqui a pouco sai do forno.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Quando a saudade chora

Ingrid chora ao lembrar da saudade da filha toda vez que ela parte
Em entrevista para a reportagem do próximo UNICOM, Ingrid Schuster, disfarça lágrimas com um sorriso, emociona-se só de lembrar cada partida de sua filha, a modelo Ana Paula Schuster. "Além de ficar longe de mim, nunca sabia por onde ela andava". Apesar de ser muito apegada a filha, sempre apoiou a modelo na sua  carreira internacional.

Ana, conforme a mãe, demorava a dar noticias, "as vezes ela some até 15 dias". Ingrid é mãe da personagem real da minha reportagem sobre a nada mole vida de modelo internacional.

Eterna soberana

A pauta que escolhi para desenvolver na edição multitemática do Unicom é sobre uma rainha que ostenta o título há 17 anos. Cristina Eliza Butzge, hoje com 32 anos, foi eleita soberana da 2ª Festa Estadual do Mel (Femel), em Candelária, no ano de 1994. Quer saber por que ela nunca perdeu a majestade? Então não deixe de conferir essa e outras conquistas de Cristina no próximo Unicom.


Coroas conquistadas por Cristina durante sua carreira


Por enquanto, confira alguns retratos da visitação à casa dos pais de Cristina. Atualmente ela reside em Porto Alegre, mas muitas lembranças permanecem no lugar onde passou sua infância e juventude.


Vestidos utilizados por Cristina na divulgação da Femel


Orgulhosa, Daguimar observa o retrato da filha, que hoje mora em Porto Alegre

Faixas conquistadas durante os concursos em que participou

Além de faixas e coroas, Cristina ganhou distinções enquanto cidadã

Em breve, postarei vídeos dessa visita. 

Créditos
Fotos: Marília Gehrke
Colaboração: Daguimar Evanir Butzge, mãe de Cristina