segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Fazendo a diferença acontecer

Pois bem, definido o tema, a tarefa é achar um belo personagem que se destaque nesta edição. No encontro em que o tal tema foi escolhido, o professor e editor do Unicom, Demétrio Soster, nos lançou uma bela questão: "Cada vez mais temos que marcar a diferença". Sim, professor! Temos que fazer o máximo para deixar essa edição bem especial e levar essa bela lição para toda a vida.

Se quisermos alcançar o sucesso é preciso ser muito criativo e deixar nossa marca. Assim fizeram alguns dos nossos colegas, hoje profissionais em destaque nas mais diversas mídias. Roseane Bianca Ferreira, repórter da Gazeta do Sul, é uma dessas pessoas que deixou sua marca no Unicom. "Participar do Unicom foi uma experiência única e que, sem dúvida, contribuiu muito para a minha formação", revela.

Roseane sempre focou o jornalismo televisivo, e diz que foi a produção do Unicom que proporcionou mais contato com o impresso, onde aprendeu a importância de escrever textos com um diferencial, de usar o dom da palavra para atrair os leitores.  "Confesso que nunca me senti atraída por jornal e revista, mas fazer o Unicom foi especial". Hoje, por ironia do destino, trabalho na Gazeta do Sul, onde a cada dia aplico na prática os ensinamentos que aprendi nos bancos acadêmicos", explica.

Na foto acima, Roseane Bianca Ferreira recebendo o II Prêmio SBIM de Jornalismo.

 Lucas Nobre,  mantém até hoje o clima aventureiro do jornalismo que aprendeu na produção do Unicom. "Procurar pauta, definir angulação pela qual ela vai ser trabalhada, ir a campo, procurar personagens, fazer anotações, fotos, redigir, reuniões com editores, fazer a revisão final e distribuir os exemplares.

Parece tudo tão simples quando lembramos de nossa participação em um Unicom. Mas só quem viveu a experiência de fazer parte da equipe de redação de um é quem consegue lembrar direitinho de um sabor diferente que a publicação possui: a da experimentação", relata. Nobre é jornalista, biógrafo e empresário da área.

Assim como esses dois colegas, que deixaram seu depoimento sobre o Unicom,  vamos aproveitar ao máximo esse momento para ensaiar nosso futuro, como jornalistas de sucesso! ;)

sábado, 27 de agosto de 2011

São tantas possibilidades...

Depois da tempestade de ideias da última aula e da definição do tema do próximo Unicom, é hora de colocar a mão na massa e cabeça para pensar. Para a próxima quarta-feira, a missão é um pouco mais desafiadora. Chegou o momento de escolhermos as pautas e elencarmos quais serão as histórias que vão para as páginas do nosso jornal. Tarefa difícil, claro, mas muito sedutora. Pois afinal, qual é o bom repórter que não sente um friozinho na barriga durante a “gestação” de uma reportagem, ainda mais se tratando de matéria para o Unicom – momento tão esperado por tantos acadêmicos de jornalismo da Unisc.

Confesso que, desde que saí da aula na última quarta, me peguei, em vários momentos, pensando em que tipo de pauta – ou de personagem – que pode surpreender os leitores do Unicom. As possibilidades são tantas, mas quando se trata se um conteúdo diferenciado e que despertam interesse nas pessoas, as chances se limitam. Pois bem. Foi discutindo o assunto com outros colegas e pesquisando um pouco mais sobre as nuances do tema que a turma escolheu, que eu bati o martelo quando à minha matéria. Por enquanto, a história que eu quero contar fica em sigilo. Na próxima aula, esta, junto com tantas outras sugestões dos colegas, vão para discussão e para mais uma das nossas reuniões de pauta.

Impossível não se empolgar com esse processo!

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O Unicom está de vento em popa

Olá pessoas!!! venho dar as boas vindas aos colegas e agradecer a todos por ter sido escolhida por unanimidade para ser a editora do nosso jornal Unicom (risos). E espero de todo coração não ser a mais chata das editoras!! ;) isso inclui dar os parabéns à Deka pela descrição no post anterior sobre o tema dessa edição. E por isso eu digo que a "chefona" não vai tirá-la da equipe!!! \o/

Como as colegas falaram o tema e os cargos já foram decididos e o suspense continua...

E, desde já, posso afirmar que o tema é super interessante e vai render histórias maravilhosas com toda certeza. Na próxima semana devemos levar nossas pautas e acredito que todos vão se esforçar ao máximo para que essa próxima edição do Unicom seja tão boa quanto as anteriores.

Quanto ao meu case, já está escolhido, nem eu acredito a forma como isso se deu!!! Só posso dizer que quanto mais a gente reza mais a inspiração aparece e não a assombração como todos costumam dizer. Por enquanto era isso, boa sorte a todos e um semestre repleto de inspiração, boas ideias e trabalho em equipe!!!

À caça de boas histórias

Como dito anteriormente, já temos algumas coisas (fundamentais eu diria) definidas para esta próxima edição do Unicom. Além de ter sido montada a equipe que vai fazer este jornal acontecer, temos também a temática escolhida (eu não vou revelar qual é este tema porque não sei se estou permitida, vai que a "chefona" decidi me tirar da equipe de redação!? Melhor não arriscar).

Minha opinião é que este é um baita tema e vai render grandes histórias, porém, confesso: estou à caça de um case. Juro, pensei, pensei, pensei e nada...não me veio em mente nenhuma fonte "de interesse público" ou que me renda esta bela reportagem. Enfim, estou à espera (gente, não é de um milagre heim!).

Enquanto isso, estou de olho, e isto pode incluir VOCÊ, por que não?!

Até aqui, é o que tenho a declarar, espero não tê-los desempolgado, mas como costume dizer: as verdades devem ser ditas, sejam elas empolgantes ou não!

Ah, bom final de semana, quem sabe este não me colabora para um insight, afinal o ócio pode ser criativo! ;D

See ya.

Já temos tema

Oi pessoal!

Agora que já temos tema, os contornos do nosso trabalho começam a se definir. E temos mesmo muito trabalho pela frente. É hora de deixarmos este espaço e o Unicom com a nossa cara. E o que queremos é um bom trabalho em equipe. E vamos fazer bem, não é?

Com tema e funções definidas, podemos dizer a vocês que acompanham o blog do Unicom e esperam mais uma bela edição impressa, é que estamos preparando um jornal recheado de boas histórias e, também, vamos intensificar a divulgação desse trabalho. Surpresas!

Aproveitando o espaço, estive passeando por sites de jornais-laboratório. Acho legal ver o que nossos colegas estão fazendo por aí. Por hoje deixo aqui como dica o Jornal Comunicação, da UFPR.

Até mais!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Experiências anteriores

Olá, pessoal!

Além de trabalharmos bastante e direcionarmos o foco ao Unicom que estamos preparando, creio que é necessário dar uma olhadinha para o passado e aprender com a experiência dos colegas.

No vídeo, a jornalista Letícia Mendes fala sobre sua atuação em várias edições do jornal Unicom. E dá dicas para nós, que acabamos de ingressar nessa jornada.


Letícia tem 24 anos, concluiu sua graduação em 2009 e já trabalhou como correspondente no jornal Zero Hora. Hoje, atua como repórter na Gazeta do Sul.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Edição extra do Unicom na 24ª Feira do Livro de Santa Cruz

Gente, a moçada da Agência Experimental de Jornalismo preparou uma edição especial do Unicom para a 24ª Feira do Livro de Santa Cruz do Sul, de 27 de agosto a 4 de setembro.

Acompanhem toda a cobertura da A4 pelo site do evento.


segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Dedicação e superação

Oi, colegas!

Proponho que este semestre seja de superação. Não me refiro somente às últimas edições do Unicom, mas ao trabalho paralelo ao jornal. Eu, por exemplo, resolvi falar sobre minhas expectativas e fazer comentários sobre o semestre em forma de vídeo. Por que? Para exercitar a ferramenta e superar meu pavor frente às câmeras.

Confiram:




É isso, então.

Vamos pensar em temas bacanas e possíveis pautas para começar a elaboração da edição temática do Unicom.

Reflitam bastante, especialmente nos momentos de ócio.

É a nossa vez. Vamos agir com dedicação e determinação!

sábado, 13 de agosto de 2011

Hora de pensar no tema

O início do semestre, além de registrar a largada para os trabalhos do Unicom, é também um momento crucial do processo produtivo do nosso jornal-laboratório. É agora que a turma começa a elaborar o assunto que vai reger as matérias do Unicom temático. E este é, se não o mais, um momento um tanto quanto importante do semestre.

Com a vasta e criativa produção dos nossos colegas nas edições feitas até aqui (exposta com detalhes na aula passada), cabe à nós agora nos desafiar para surpreender os leitores. Tal tarefa não promete ser fácil. Na aula passada, todos saíram incumbidos de pensar em temas inéditos, em algo ainda não abordado. Cabe a nós encontrarmos o mote para o nosso trabalho. Pois bem, saber enxergar o mundo em que a gente vive de forma ainda não percebida também é um dos desafios do Unicom, e portanto, da vida de repórter.

Vamos, a partir de agora, mergulhar nesta empreitada para fazer nascer um novo Unicom. Na próxima quarta-feira, a tradicional “tempestade de idéias” deve tomar conta do laboratório 7. Até lá, colegas!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Vai valer a pena

Nem o primeiro, nem o último. Nem melhor, nem pior. É sim a nossa hora de fazer acontecer, de fazer o melhor que pudermos! Ao que tudo indica vai ser mais um baita semestre para o Unicom. Para a primeira edição do semestre - o Unicom temático - as ideias já começam a surgir e, a julgar pelas aparências, não vai faltar motivação para a turma.

Abrindo os trabalhos na noite de ontem, foi muito bacana o contato com a história do Unicom. Deu pra notar a evolução e a capacidade que a galera que passou pelo jornal-laboratório tem de fazer acontecer, o que só aumenta a nossa responsabilidade.

É isso aí, os trabalhos estão abertos e a expectativa é muito grande. E aos que esperam mais uma edição do Unicom, vamos fazer valer a pena!

Estão abertos os trabalhos do semestre

Moçada, com este post dou por abertos os trabalhos do semestre 2011-2 da disciplina de Produção em Mídia Impressa, onde realizamos, entre outros, duas edições do Unicom, nosso jornal-laboratório.

É importante que os alunos se utilizem desse espaço pelo menos uma vez por semana, para que, dessa forma, passem a exercitar, desde já, a multimidialidade e a convergência no que elas têm de jornalismo.

O que vale ser postado no blog:

1 Temas que dialoguem, direta ou indiretamente, com jornalismo-laboratório;

2 Conteúdos relacionados ao que discutimos em sala de aula ao longo do semestre;

3 As operações que realizamos na feitura do Unicom.

Sobre esse último ponto, penso que é um passo importante na forma de uso do blog da disciplina, à medida que, ao descrevermos nossas operações (ou seja, o que aconteceu enquanto estávamos realizando o jornal), oferecemos, a quem nos acessa, vínculos diferentes daqueles que usualmente oferecemos nas mídias tradicionais.

É fazer acontecer então, moçada.

Grande abraço a todos!