Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

A divertida tarefa do repórter


Eu não sei se já falei isso, mas o mais legal de ser repórter é ter com esta profissão a autorização para ser curioso, para perguntar, perguntar e perguntar.

Como se não bastasse este simples fato de conhecer histórias incríveis de pessoas iguais à você, depois ainda, é preciso se deleitar ao papel, usar e abusar da ecsrita e da critividade para contar aquilo que você acabou de escutar, e apostar no detalhe, na imagem, ou na fonte que você escolheu para atrair o leitor.
Não é o máximo?

Veja bem, na primeira edição deste semestre eu conheci mais sobre o Nandinho, um diplomata brasileiro que, mesmo exercendo um cargo de grande importância não deixou de lado as manias de guri. Agora, nesta edição, eu tive a oportunidade de conversar (por skype) durante horas com o ator global, que está na noela Malhação Conectados, Pedro Bernardo, ou, Pedrinho do Cavaco, como eu o conheci (na foto à direita). O guri, mesmo com toda a fama que começa a aparecer e tendo como seu padrinho nada mais e nada menos do que Milton Nascimento é gente boa pra caramba. Dispôs de horas de seu dia para responder às intermináveis perguntas da repórter aqui. Durante a entrevista rolou até música ao-vivo (ele queria mostrar a música de seu CD que foi lançado no início deste ano, "Química do Amor"). O complicado foi resumir a história de Pedro Bernardo em 4 mil carcateres.

Depois de feita a reportagem sobre o astro teen, pude ainda me divertir contando (aos futuros leitores) sobre como os cães são tratados nos Estados Unidos da América. Nas férias de julho eu vistei o estado de Nova Iorque, Connecticut e Califórnia, registrei o que vi por lá e conto tudo para vocês na próxima edição do Unicom. O tratamento dos cãezinhos, acreditem, é de dar inveja!!!

Bom, agora, aqui na aula, ou melhor, na redação do jornal, o momento é de correção.
Cada um se encarrega de corrigir um texto (que não seja o seu, é claro).
Então, ao trabalho, por enquanto é tudo que posso contar!

See ya!

Comentários

Postagens mais visitadas