quinta-feira, 2 de abril de 2015

À margem de lugar nenhum


Pedaços de um bairro que vive nas imediações de uma das rodovias mais movimentadas da região do Vale do Rio Pardo, em Santa Cruz do Sul: o Santa Vitória. Por falar em santo, nos anos 80, não havia igreja por lá. As missas eram rezadas em um mercadinho. 
Leia mais na próxima edição do Unicom.



Cavalo branco remete aos contos de fada, mas não há castelos, nem princesas por aqui

Homem sai para trabalhar: arriscar a vida no acostamento da BR-471 é rotina

Danilo Ramos: desde 1978 mantém um mercadinho em uma das esquinas do bairro

Nenhum comentário:

Postar um comentário