Pular para o conteúdo principal

Destaques

Editorial: Peças que não se encaixam

Olá!

Seja bem-vindo ao nosso Unicom. Digo nosso, porque mesmo que ele já tenha passado por tantas mãos e ainda será de tantos outros acadêmicos, neste momento ele nos pertence. Logo mais, você vai conhecer o rosto de cada um de nós e já lhes adianto: certamente somos peças que muitas vezes – se não todas – não se encaixam. Afinal, como diz o velho ditado: ninguém é igual e cada louco tem as suas manias. O que é a mais pura verdade!

E é em meio a essa confusão de características que surgiu a primeira edição do nosso jornal-laboratorial do segundo semestre de 2017: o Unicom Conflitos que transformam. Sabe aqueles momentos que as peças do quebra-cabeça realmente não encontram sintonia? Pois então, é disso que estamos falando! As marcas verdes, nas reportagens, são para trazer ou despertar a esperança dentro de nós.

A cor rosa, simboliza a inspiração que precisamos para superar ou mudar situações não tão bonitas das nossas vidas. Nas próximas postagens lhe convidamos para conhecer as h…

As lendas merecem destaque...

Existem inúmeras lendas que nós reverenciamos todos os dias... Seja no esporte, ou em outra área específica, como Gabriel Garcia Marquez, com a sua obra prima, 100 anos de solidão. Um ídolo no meio jornalístico, seja apresentador ou narrador, como Sérgio Chapelin e Luciano do Valle, cada um tem uma inspiração por alguém importante ou reconhecido.

No meio esportivo, muitos escolheriam Pelé, Zico, Rivellino, que inspiram tantos jogadores a fora, eu resolvi escolher o senhor e mestre Hélio Gracie, com sua história e filosofia de vida mostrada em um documentário que compartilharei com vocês.
Hélio Gracie criou o jiu jitsu brasileiro, hoje tão famoso nas artes marciais do mundo, virou instinto de defesa pessoal para inúmeras pessoas e atletas.

Sua grande filosofia é que a técnica domina a força, e isso motivou as pessoas a praticarem essa arte suave, e assim aprimorando a sua defesa. O Jiu-Jitsu motivou alguns atletas fracos fisicamente, a derrotarem oponentes bem mais fortes, por meio de novas técnicas.

Segue abaixo o documentário e uma frase do mestre Hélio Gracie (1913-2009):

O Jiu-Jitsu que criei foi para dar chance aos mais fracos enfrentarem os mais pesados e fortes”



Comentários

Postagens mais visitadas