Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

As lendas merecem destaque...

Existem inúmeras lendas que nós reverenciamos todos os dias... Seja no esporte, ou em outra área específica, como Gabriel Garcia Marquez, com a sua obra prima, 100 anos de solidão. Um ídolo no meio jornalístico, seja apresentador ou narrador, como Sérgio Chapelin e Luciano do Valle, cada um tem uma inspiração por alguém importante ou reconhecido.

No meio esportivo, muitos escolheriam Pelé, Zico, Rivellino, que inspiram tantos jogadores a fora, eu resolvi escolher o senhor e mestre Hélio Gracie, com sua história e filosofia de vida mostrada em um documentário que compartilharei com vocês.
Hélio Gracie criou o jiu jitsu brasileiro, hoje tão famoso nas artes marciais do mundo, virou instinto de defesa pessoal para inúmeras pessoas e atletas.

Sua grande filosofia é que a técnica domina a força, e isso motivou as pessoas a praticarem essa arte suave, e assim aprimorando a sua defesa. O Jiu-Jitsu motivou alguns atletas fracos fisicamente, a derrotarem oponentes bem mais fortes, por meio de novas técnicas.

Segue abaixo o documentário e uma frase do mestre Hélio Gracie (1913-2009):

O Jiu-Jitsu que criei foi para dar chance aos mais fracos enfrentarem os mais pesados e fortes”



Comentários

Postagens mais visitadas