Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

Ela não me larga

Faz um mês que eu não sei o que ela vê em mim. Não sei mesmo. A maldita gripe pegou, grudou e não quer mais me largar. Não tem mais o que tomar: chás, remédios, mel, limão e até cachaça, alguns dizem que ela esquenta a garganta, por via das dúvidas já testei tudo.

Só que ela não me larga mesmo. Têm pessoas dizendo que isso é falta do dengo da mamãe, já que faz pouco tempo que esta pessoa aqui mora sozinha e digamos que não tenha ninguém para lhe dar recomendações, como: coloca o casaco menina, não lava o cabelo de noite, não fica na rua até tarde, essas coisas.

Resultado: estou sempre pestiada. Ando colocando a culpa no tempo. Mas entre um repouso e outro, porque a febre também se instalou neste corpo, eu ando produzindo o novo Unicom.

Já visitei duas vezes a minha nova fonte: Bernardete. Digamos que ela tenha, aproximadamente, 25 "filhas". Pelo menos é assim que ela as considera. Berna, como é carinhosamente chamada pelas suas meninas, é costureira e aposentada, então está sempre envolvida com a rotina da casa onde as estudantes moram. Sabe que lugar é?

Por enquanto só conto isso. Logo mais, trago mais detalhes.

Comentários

Postagens mais visitadas