Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

"E me calo com a boca de feijão..."

Dizer que Chico Buarque é o maior compositor que o Brasil já viu é meio lugar-comum, coisa que todo mundo repete e poucos contestam. Talvez eu consiga dar um passinho além ao defender que ele não só é o maior de todos os tempos, como está muito, muitíssimo acima de qualquer outro grande compositor. Significa basicamente que outros autores de pérolas da nossa música popular, como Milton Nascimento, João Bosco, Aldir Blanc, Djavan, Caetano Veloso, Vitor Ramil, são monstros sim, mas sequer chegam aos pés de Chico. Na minha opinião, é claro, e vejam: estou me referindo a eles na condição de compositores, pois como cantor o Chico está abaixo até do vocalista da NX Zero.

Eis que há pouco, ao ingerir a minha pílula diária de boas músicas, percebi que uma letra em especial tem muito a nos dizer. Digo, a nós que estamos a explorar a temática dos hábitos. Trata-se de Cotidiano, de 1971. Quem não a conhece na voz do Chico, pode conhecer na do Seu Jorge ou do Arnaldo Antunes, que a regravaram.

O texto relata a rotina rígida de um casal. Na verdade, eles parecem meio presos, sufocados à essa rotina - a própria estrutura das estrofes sugere isso, com versos muito semelhantes e o encadeamento entre eles. Tudo parece ser meio igual sempre - até o primeiro sorriso do dia é "pontual", e em determinados momentos o autor dá pistas de que eles se sentem cansados e inseguros. Algo assim: hábitos também cansam! Confira com seus próprios ouvidos: 

A letra - como a grande maioria das letras do Chico - permite uma reflexão muito mais aprofundada, que não cabe aqui. A quem se interessar, há um texto bem interessante neste blog Letras Despidas.

Comentários

  1. Muito pertinente a tua observação sobre o Chico Buarque ser um grande compositor, e não tão bom cantor. Confesso que eu não conheço muito além do que ouvi em sala de aula (!) e de um amigo meu (que não é tu), mas definitivamente vou ter que descobrir mais sobre ele! ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu sou do Letras Despidas, que você citou.

    Cuidado, não subestime tanto os outros compositores brasileiro. Chico Buarque, sem dúvida, é fantástico e talvez o melhor, mas junto com eles há muitos outros bons, que tem estilos diferentes, mas são excelentes e não merecem ouvir que nem chegam aos pés do Chico.

    Prefiro valorizar o conjunto dos nossos compositores. A música brasileira é riquíssima, e Chico compôs ao lado de muitos músicos bons, além de toda a influência do Chico vir de uma cultura que conheceu caras muitos bons. Valorizemos o conjunto!

    Cuidado também ao desvalorizar o Chico cantor. Ele pode não ser um grande cantor, mas não é tão ruim assim, e compará-lo ao cantor do NX Zero é um ofensa. Há muitos cantores razoáveis na MPB, mas ninguém liga muito para as desafinadas do Tom Jobim, a língua presa do Cazuza, a voz às vezes estridente do Djavan. O que queremos é música, e Chico faz sua parte, cantando com qualidade (não é um fenômeno, mas tem voz forte e se preocupa com suas canções).

    Valeu!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas