Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

Sermos bons no que fizermos

Ser um comunicador parece fácil. Mas ser um bom comunicador exige esforço e acima de tudo requer algo que muitas vezes não colocamos em prática: fazer com emoção.

Pois é, o que quero dizer com essas frases, que parecem tolas, mas hoje percebi mais uma vez a diferença de quando as pessoas fazem com emoção o que fazem. Enfim, quero compartilhar o que senti e ví hoje a noite ao assistir os clássicos de Kleiton e Kledir no Teatro do Colégio Mauá, numa promoção do Art Sesc música.

O público aplaudia, se emocionava, queria bis, tris...pensei muito na belíssima frase que o Professor Demétrio tem falado nas aulas: "Precisamos ser bons no que fizemos".

Valeu professor pela dica, porque assim como outras ocasiões esta foi mais uma em que senti no coração um trabalho de duas pessoas, dois músicos que cantam e tocam com a alma, com o coração, com emoção, enfim fazem bem feito o que fazem.

Que sejamos nós, futuros jornalistas, seguidores da emoção no que informamos e ou comunicamos aos nossos públicos.

Comentários

Postagens mais visitadas