Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

Homens também depilam

Cabelo cortado e barba feita, a aparência para os homens nunca passou disso. Mas hoje, a relação homem x vaidade vai muito além desses cuidados básicos, e até mesmo superficiais. Alguém já parou para pensar em quanto tempo por dia os homens passam na frente do espelho? A resposta pode ser reveladora.

O que antes era assunto estritamente feminino, hoje já é comum entre os dois sexos. Homens que frequentam salões de beleza, que disputam horários em clínicas de estética e que brigam pela melhor manicure. Sim, eles existem. Talvez sempre existiram, apenas estavam escondidos atrás da pesada máscara de 'durões'. Sem generalizar, claro.

Na verdade, os homens estão percebendo que vaidade não tem nada a ver com o sexo, e sim com o bem-estar da alma e do corpo, do sentir-se bem. É evidente que ainda há muita resistência, uma boa parcela ainda luta para defender seu posto de homem macho. Mas aos poucos eles estão percebendo que estar com uma aparência melhor e em dia com o espelho demonstra um grande respeito pela saúde, tanto física quanto emocional.

E essa vaidade toda não diz respeito somente à estética. Afinal, a moda e suas tendências também estão totalmente inseridas no mundo masculino. Ou vai dizer que você não viu figurando por aí nenhum homem com uma camisa xadrez, super em alta? Eles podem até não admitir, mas é a mais pura verdade. Segundo algumas pesquisas feitas cinco anos atrás com executivos, os homens passavam, em média, nove minutos por dia cuidando da aparência. Hoje, só em frente ao espelho, eles passam no mínimo 20 minutos por dia.

Com tanta vaidade, já começam a surgir centros de estética só para o sexo masculino, com limpezas de pele, depilação e tratamentos de drenagem linfática. Mas eles ainda querem mais! Já existem também lojas de cosméticos voltadas só para eles: tem para homens esportivos, sedutores, clássicos. Não importa o estilo, o importante é sentir-se bem cuidado e em boa forma.


É mulheres, preparem-se para dividir seus espelhos (e produtos) com os homens. Os vaidosos estão à solta.

Comentários

Postagens mais visitadas