sexta-feira, 20 de junho de 2014

Princípios básicos do design

E foram duas semanas de diagramação diária. No mínimo umas 7 horas dedicadas as páginas do Unicom. Isso ainda é pouco, poderia ter sido mais? Sim, alguns dias e noites foram só na frente do computador. Chá, Coca-Cola, chimarrão, café, bolachas, chocolates tudo para manter a concentração e a atenção nos detalhes. Como falei em meu último post, segue mais uma dica de livro aos que se interessarem por diagramação, planejamento gráfico ou até mesmo para tirar algumas dúvidas pequenas em relação a trabalhos simples. Esse é quase uma bíblia para os interessados no assunto. Apresento-lhes Design para quem não é designer, de Robin Williams.
Traz noções básicas de planejamento visual. A leitura deste livro é fácil e gostosa. Como ele apresenta o texto com a ilustração para que se entenda bem o que fala, não dá para dizer que não entendeu o que ele dizia. Nas ilustrações vem o errado e o certo para quem não é designer entender do que se fala. na introdução a autora explica que o livro se destina aos que não tem tempo para estudar design e tipografia. Segundo ela "a mensagem deste livro é muito antiga: saber é poder". A maioria das pessoas entende quando uma página não chama atenção, mas, não sabe como torna-la atrativa. É isso que se busca neste livro.

O livro aborda três princípios básicos: contraste, repetição, alinhamento e proximidade. Aqui você encontra uma explicação simples sobre cada um, mas o melhor e mais indicado é pegar o livro porque nele, muitas de suas dúvidas podem ser extintas. O contraste é o que chama atenção para determinada parte da página, ele diferencia cor, tipo, tamanho, espessura da linha. Com ele o leitor terá seu olhar direcionado para o que tiver maior contraste. Serve para evitar elementos similares na mesma página. E quanto à repetição? É bem o que diz a palavra, repetir elementos nas páginas para criar uma identidade visual. Pode ser uma linha, as fontes, os conceitos gráficos. Tudo isso cria uma organização e fortalece a unidade.

Em algumas páginas do Unicom (o segundo de 2014/1) não tinha ideia alguma de como colocaria o texto com as imagens, colocava tudo na página e ficava brincando até encontrar uma forma de fazer os itens ficarem alinhados. O conceito de alinhamento serve para explicar as ligações visuais de um elemento e outro na página. Alinhados os objetos criam uma aparência limpa, sofisticada e suave. A proximidade traz os itens relacionados agrupados. Quando os itens não têm relação devem ser colocados distantes para serem percebidos em momentos diferentes pelo leitor. Espaços em branco são sempre bem vindos e isso é um dos quesitos que antes de iniciar a diagramação se escuta o professor falando: - mantemos os espaços em branco sempre - o que dentro do projeto gráfico chama a atenção e dá um descanso para os olhos, principalmente em páginas com muito texto.

Entender o que é tipo com serifa, sem serifa, manuscrito, decorativo também é possível neste livro. Com a apresentação de fontes e explicações claras, fica fácil entender quando usar determinado tipo chamará atenção, como deve ser feito o contraste de tipos. Tudo isso e muito mais em apenas um livro. Está esperando o que para começar a ler?

A referência dele na Biblioteca da Unisc é: 686.2252 W726d 2005-2.ed.
Mas a edição dele já existe em pdf. é só dar uma procurada.




Nenhum comentário:

Postar um comentário