Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

A EXPERIÊNCIA DE FAZER UNICOM



O trabalho realizado na disciplina de produção em mídia impressa é fazer dois Unicons, mas anualmente o curso de comunicação da Universidade de Santa Cruz do Sul disponibiliza três exemplares do periódico. Isto se deve ao fato da Agência experimental da comunicação (Agência A4) produzir um Unicom especial para a feira do livro de Santa Cruz do sul. Às vezes a Agência A4 produz mais Unicons especiais como na SBPJor (Associação Brasileira de Pesquisadores em jornalismo).
O que se leva em conta na Agência A4 é o trabalho mais supervisionado, com mais dicas. O intuito é de ensinar o aluno a fazer mesmo que o básico; a Agência é um espaço de aprendizagem, já a disciplina tem o cartar inteiramente laboratorial. Não é que o docente da disciplina deixe de ensinar, muito pelo contrário, ele instiga o aluno a fazer e olhar de forma diferente para um assunto muitas vezes comum e sem importância para a maioria.
Quando cheguei à escola Monte das Tabocas passei a conhecer todo o trabalho da professora Silvana Laissmann e fiquei contente em saber que existem pessoas como ela que se dedicam a este tipo causa. Este é o trabalho do Unicom, revelar trabalhos e ações únicas que demonstram aos estudantes e a quem lê potencialidades daquelas pessoas que fazem a diferença na nossa sociedade e certamente ficam gravadas na memória para no futuro ter uma feliz lembrança da experiência que foi fazer parte do Unicom.

Reportagem para o Unicom feita para a Feira do Livro de 2014.


Comentários

Postagens mais visitadas