Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

Ainda no clima das estradas...




A primeira edição do Unicom 2015 está quase saindo do forno. Mais alguns ajustes e teremos em mãos o nosso querido “Estradas”. Ainda no clima do jornal temático, sugiro para você, internauta, a série de viagens Não Conta Lá em Casa. Veiculado pelo canal Multishow todas às sextas-feiras, a partir das 18 horas, o programa mescla os formatos de documentário e reality show em uma edição dinâmica com a inserção de bastidores, além de todos os "perrengues" possíveis para chegar aos países planejados.

A ideia é simples: quatro amigos, algumas câmeras e a vontade de conhecer a realidade de territórios quase  inóspitos, que vivem a base de conflitos, pobreza e demais problemas culturais.

Entre os destinos já desbravados estão  África,  Coreia do Norte, Mianmar, Indonésia, Ucrânia, Israel, Palestina e muitos outros. Atualmente integram o programa o jornalista e escritor André Fran, o economista Felipe Ufo e o cineasta Michel Coeli.

Para quem não consegue chegar em casa a tempo, basta acessar este link. Neste caso é necessário criar uma conta de TV por assinatura. Mas daí, se você já é assinante, basta anexar o CPF do responsável pela conta e tchrãm, terá acesso a todas as sete temporadas. 

Uma palinha do que me refiro, pode ser conferida abaixo.


Comentários

Postagens mais visitadas