Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

Hiroshima, um livro sobre a essência jornalística

Você provavelmente já deve ter ouvido falar do jornalista que nasceu na China, John Hersey, e já estudou sobre as histórias das Guerras Mundiais na escola. No livro Hiroshima, Hersey conta a história de seis sobreviventes ao ataque da primeira bomba atômica da história das guerras.
Ele nos dá a oportunidade de conhecer a história do atentado a partir de relatos de pessoas comuns. Nenhum dos personagens era celebridade, alguém da alta sociedade ou artista. Os seis  eram cidadãos normais, que estavam em sua vida cotidiana e que sentiram na pele os efeitos devastadores da bomba.

O livro não apenas conta a vida dessas pessoas, ele contextualiza. Fala sobre suas profissões e a razão pela qual elas estavam em determinado lugar quando a bomba explodiu, além de mostrar a distância que cada um estava do centro da explosão.



Então, já sabe né? Se você gosta de uma boa história passe na Biblioteca e retire o livro. Ou, se preferir, compre-o. Garanto que você não vai se arrepender!

Comentários

Postagens mais visitadas