sexta-feira, 25 de setembro de 2015

A espera ...

Pensar em uma reportagem, pesquisar sobre o assunto e montar o esqueleto dela com as fontes. Ver se conhecemos os possíveis entrevistados ou se vamos precisar ir atrás, pesquisar mais um pouco e se familiarizar com eles. Conseguir a forma de contato (e-mail, telefone, endereço), entrar em contato e marcar a entrevista. Tudo isso, visto de fora, pode parecer tarefa fácil, mas dá um trabalho danado!

Uma sensação indescritível quando a fonte te responde e combina o dia e horário; quando tudo dá certo. Mas, quando a fonte não topa ou não responde, bate um desespero, uma tristeza, mas, bola para a frente. A tarefa é encontrar uma nova fonte e não deixar a reportagem cair.

Depois de tudo certo, as entrevistas com as fontes realizadas e o material para a reportagem em mãos, hora de colocar tudo no papel e escrever – essa é a melhor parte -. Chega o momento de organizar as informações, pensar em título, em como começar, no lead e ler e ler de novo e de novo e de novo. Revisar, revisar, revisar até estar perfeito – ou o mais próximo possível-.

Ver a reportagem pronta e dar o toque final gera uma sensação de felicidade e alivio. Conseguir cumprir os prazos e metas e dar o seu melhor, é isso que nossa turma está fazendo com esta edição do Unicom. Alguns detalhes aqui, outros ali e ele está tomando forma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário