Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

Profissionais multiplataformas


 Muito se escuta falar que no Jornalismo as empresas exigem cada vez mais profissionais multiplataformas.
Já passamos de uma época em que apenas é preciso saber escrever. Hoje, o repórter necessita se atualizar, postar informações nas redes sociais, nos sites e tantas outras plataformas. As empresas exigem isso, até mesmo em função da redução de custos, pois economizam quando não precisam colocar um profissional para cada função.
Os leitores, ouvintes e telespectadores querem que as notícias cheguem cada vez mais rápido e sejam de fácil compreensão. Eles querem a informação em tempo real. Devido a isso, os comunicadores também precisam se atualizar e ser ágeis.
Contudo, em meio a essa agilidade exigida, é possível notar que a maioria dos sites de noticiosos, por exemplo, apresentam as mesmas notícias. Quando assistimos a um telejornal, algumas informações já vimos em outros lugares.
Deste modo, alguns veículos de comunicação precisam parar de fazer o feijão com arroz de todos os dias e buscar inovar, ver o que todos os outros meios ainda não viram. As pessoas cansam de verem sempre as mesmas notícias em um mesmo dia.

O Jornalismo exige cada vez mais profissionais multiplataformas, mas, também, o Jornalismo exige, SEMPRE, boas pautas e ideias inovadoras.

Comentários

Postagens mais visitadas