sexta-feira, 6 de maio de 2016

Uma obra prima do jornalismo

Na vida, algumas leituras são obrigatórias.  Se você é graduando, então, o mergulho no universo das letras torna-se ainda mais essencial, seja qual for o curso. No que tange  ao jornalismo, uma obra que precisa ser vista pelos acadêmicos e profissionais já formados é O Repórter do Século, do mestre José Hamilton Ribeiro.

O Repórter do Século reúne sete grandes reportagens produzidas por Hamilton entre as décadas de 1960 e 1970, que lhe fizeram conquistar o título máximo do jornalismo brasileiro, o Prêmio Esso.  Entre elas,  A Vida por Um Rim, em que é narrada a luta de pessoas que necessitavam de um transplante de rim numa época em que o Brasil ainda engatinhava nesse tipo de operação.  E De que Morre o Brasil”, na qual as histórias de pessoas assoladas por  diversas verminoses país afora  e as dificuldades de tratamento foram o mote da reportagem.

Além delas, o livro traz a famosa cobertura da Guerra do Vietnã, em 1968, através do relato “ Eu estive na Guerra”. Na ocasião, José Hamilton Ribeiro teve uma das pernas amputada após pisar em um campo minado. Esse trabalho não lhe rendeu o Prêmio Esso, porque o regulamento da premiação excluía produções feitas no exterior.


Essas publicações foram veiculadas em vários jornais e, especialmente, na extinta Revista Realidade.  São aulas de senso de apuração, de leveza e respeito ao lidar com pessoas envolvidas em circunstâncias delicadas e de um profissionalismo de altíssimo nível.  O Repórter do Século é um daqueles exemplos cuja leitura flui como um voo livre de um pássaro.



Coleção: Vida de Repórter

Título: O Repórter do Século

Subtítulo: As 7 Reportagens que Ganharam os 7 Prêmios Esso (Não Superadas até Agora) e a Mais Famosa: Vietnã

Autor: José Hamilton Ribeiro

Apresentação: Ricardo Kotscho

Editora: Geração Editorial

Edição: 1

Ano: 2006

Idioma: Português

Nenhum comentário:

Postar um comentário