Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

Guardei essas palavras

Creio que a escrita é a conexão das palavras com os sentimentos. Um ato de amor. Quase carnal.  Eu preciso. Alimento-me. A antropofagia de escrever e sentir. Talvez não devesse doer. Deveria aliviar, mas não agora, quando se da vida as linhas. Tem que ser depois, quando as lê. Um ato consumado do pecado e benção que é o prazer em escrever.

Olhos sem olhos. Telefones não tocam. Eu não sei se quero dormir ou continuar no branco do Word. Talvez seja melhor parar. Então não releio o que acabei de dar vida. E deixo aqui. Nem na luz. Nem no escuro. Na sombra, até a escrita acabar. Quem sabe, caro leitor, tu não entendas, porém quem pode entender é o palavreador. Me desculpe, mas certas coisas doem. 

Comentários

Postagens mais visitadas