Pular para o conteúdo principal

Destaques

Editorial: Peças que não se encaixam

Olá!

Seja bem-vindo ao nosso Unicom. Digo nosso, porque mesmo que ele já tenha passado por tantas mãos e ainda será de tantos outros acadêmicos, neste momento ele nos pertence. Logo mais, você vai conhecer o rosto de cada um de nós e já lhes adianto: certamente somos peças que muitas vezes – se não todas – não se encaixam. Afinal, como diz o velho ditado: ninguém é igual e cada louco tem as suas manias. O que é a mais pura verdade!

E é em meio a essa confusão de características que surgiu a primeira edição do nosso jornal-laboratorial do segundo semestre de 2017: o Unicom Conflitos que transformam. Sabe aqueles momentos que as peças do quebra-cabeça realmente não encontram sintonia? Pois então, é disso que estamos falando! As marcas verdes, nas reportagens, são para trazer ou despertar a esperança dentro de nós.

A cor rosa, simboliza a inspiração que precisamos para superar ou mudar situações não tão bonitas das nossas vidas. Nas próximas postagens lhe convidamos para conhecer as h…

O Mochilão sai em mais uma jornada

Com o final do semestre terminando e o nosso próximo jornal Unicom ficando logo pronto, gostaria de mostrar de onde tirei algumas informações para produzir a matéria sobre Fellipe Faria, o jornalista que em 2011 decidiu largar tudo para dar uma voltinha nesse mundo tão grande. 

Em minha matéria, citei o blog de Fellipe, O Mochilão. Lá, é possível encontrar o registro de cada lugar onde ele ficou, narradas de uma forma muito cativante e interessante, mostrando as curiosidades de cada país e a experiência de quem conseguiu botar em prática o seu sonho.

Quando entrevistei o Fellipe, ele havia me dito que não havia viajado mais, e por isso o blog já não era abastecido por um bom tempo, apenas mantinha o blog para ajudar pessoas que gostariam de ler as suas dicas de viagem. No entanto, o Mochilão teve um post novo, e nele, Fellipe conta que saiu em viagem novamente. Desta vez, vai para o Japão. Serão 15 dias em que ele passará por Tokyo, Kyoto, Osaka, Hiroshima e o Monte Fuji.

Vale a pena acompanhar os passos dele, e ir lendo sobre as excentricidades desses lugares que um dia poderemos ir também, quem sabe. 

Aqui, você pode acessar o blog O Mochilão: https://omochilao.com/


Comentários

Postagens mais visitadas